Case ACT – Programa Cookies de Vantagem SUBWAY

Cenário

A Subway® acredita no líder como peça fundamental para incentivar os colaboradores a alcançarem as metas. Neste sentido, o Programa Cookies de Vantagens foi elaborado para engajar os colaboradores em prol do cliente e da qualidade na prestação do serviço.

Subway®  somente no Brasil encerrou 2016 com mais de 2.000 lojas e em todo mundo, atende mais de 8 milhões de clientes por dia.

Os restaurantes necessitam de estratégias para envolvimento, encantamento do cliente, qualidade na entrega, líderes preparados, colaboradores engajados e comunicação interna eficaz, para alavancar vendas e alcançar as metas estipuladas.

Com o alto turn over que é esperado no segmento de varejo e que muitos franqueados enfrentam, o franqueado necessita ser amparado em processos, rotinas, padrões e procedimentos de Gestão de Pessoas. Por sua vez, o líder também precisa de processos bem desenhados e de uma comunicação assertiva, para alcançar o engajamento dos colaboradores com os processos internos, melhorando os resultados da loja.

Objetivos

–        Desenvolver as lideranças, para aumentar o nível de maturidade na Gestão de Pessoas.

–        Promover uma Comunicação Interna eficaz.

–        Desenvolver os líderes para serem os multiplicadores do padrão de atendimento trabalhado pela ACT Comunicação.

Solução

Consultoria e Treinamento em formato de Coaching com cada líder (gerente geral, gerentes de loja, coordenadores e supervisores), com foco no desenvolvimento da estratégia de liderança e comunicação.

– Definição do modelo de gestão de equipe, dos padrões e das rotinas de comunicação do líder (implementação do padrão de reunião, de feedback e de mini treinamentos).

Regulagem de função com os líderes, por meio do acompanhamento in loco da aplicação dos processos, padrões e indicadores.

– Implementação do Programa Rumo a Meta, sendo os líderes treinados para incentivarem os colaboradores a se envolverem com a meta da empresa.

– Criação do Programa Cookies de Vantagem para motivação e premiação dos colaboradores para incentivar o cumprimento de metas.

– Desenvolvimento de treinamento padrão junto aos multiplicadores para capacitação dos colaboradores.

– Desenvolvimento de um programa de integração para os colaboradores novatos.

– Promoção da integração dos líderes e colaboradores, entre lojas, para fortalecimento da marca e uniformização do atendimento.

Plataforma online, jogos, games (gamefication) no dia a dia para envolvimento das equipes.

Resultados

 Maior motivação dos colaboradores para alcançar as metas.

 Líderes mais estratégicos, seguros e produtivos.

 Colaboradores novatos com rápido engajamento no processo.

 Comunicação interna mais assertiva e eficiente.

 Diminuição da sobrecarga dos franqueados em questões administrativas.

 

KPIs (indicadores de perfomance) sinalizados pelo franqueado de 7 lojas Subway em Belo Horizonte, Cristiano Oliveira:

ÍNDICE DE ERROS QUE CHEGAM A VOCÊ

Inicial – 95%

Atual – 55%

SOBRECARGA NO TRABALHO

Inicial –75%

Atual – 35%

SEGURANÇA COM OS PROCESSOS DA EMPRESA

Inicial – 55%

Atual – 95%

CONFIANÇA NA LIDERANÇA

Inicial – 55%

Atual – 95%
________________________________________________

#AmoSerClienteACT

“Quando o funcionário está motivado, ele se preocupa em prestar o bom atendimento, o que acaba gerando satisfação para o cliente e recompensa para ele. O programa ‘Cookies de Vantagens’ atingiu seu objetivo, com uma repercussão favorável dentro da empresa”. Cristiano Rodrigues – Franqueado Subway

 

“O cliente está mais satisfeito, aumentei a média mensal de minhas vendas em 20% e reduzi meu turn over drasticamente. De junho/2010 a janeiro/2011, troquei somente 2 funcionárias “. Juliana Cabral – Franqueada Subway

 

“Gostaria de agradecer por nos fazer sonhar, sentir melhor, crescer, rir, mudar, ir em frente e compartilhar. Nós, gerentes, demos um treinamento de vendas muito bom, baseado em tudo que aprendemos”. Gerentes Subway

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

gerentes.png

 

Para mais dados sobre este e outros cases, entre em contato conosco! 

 

Confiram também

 

1. Matéria publicada no Minas Marca, sobre o Programa Cookies de Vantagem: ACT desenvolve projeto motivacional para colaboradores da Rede Subway

 

2. Vídeo apresentado em trabalho da Faculdade de Comunicação Social e Jornalismo da FAESA (Vitória/ES), ​pelos alunos: Maria Júlia Loureiro, Juliana Ramaldes, Heytor Gonçalves e Alan Rodrigues.

Os alunos utilizaram deste case Subway, publicado pela ACT Comunicação, para explorarem os temas: liderança; engajamento de equipe e marketing interno. Brilharam!

Nosso propósito, de conectar pessoas e construir valores para a marca está cada vez mais próximo!!

 

O vídeo produzido está no nosso canal no  youtube: 

https://www.youtube.com/user/ACTComunicacao

 

 

Continuar lendo

ACT – TRANSFORMANDO VIDAS – Parte I

15.04.15

A ACT COMUNICAÇÃO sempre teve uma reputação de oferecer treinamentos de qualidade. Sempre com o intuito de promover mudanças profissionais e pessoais, procuramos entender a fundo o clima organizacional da empresa e as características pessoais de cada colaborador, para incentivá-los a melhorar.

Em um desses treinamentos para uma das franquias da SUBWAY, passamos a conhecer uma funcionária chamada JUCINÉIA ANTÔNIA DOS SANTOS.

A Jucinéia trabalhava muito bem, com dedicação e comprometimento. Em meio a várias conversas, ela nos contou do seu sonho de fazer uma faculdade, se formar e conseguir um diploma.

A sócia da ACT, MARINA PAOLIELLO então começou a incentivá-la, falando sobre as mudanças que um curso superior poderia trazer para a vida dela, deixando sempre claro a importância do estudo e da persistência. Com isso, as duas começaram a pesquisar por diversos cursos e faculdades já que era nítido a sua vocação para trabalhar com pessoas!

Para nossa surpresa, agora em 2015, 4 anos depois, Jucinéia está se formando em RECURSOS HUMANOS e, em seu convite, agradece à Marina por ter acreditado em seu potencial e na sua capacidade de se aperfeiçoar e conquistar tudo o que desejava.

Para a Jucinéia, é a realização de um sonho e a perspectiva de uma vida de novas descobertas. Para a ACT, é motivo de orgulho e a sensação de dever cumprido, pois sempre encaramos nossos clientes como únicos e nos dispomos a realmente estar ao lado e ser um parceiro valioso em cada passo do crescimento das empresas e, principalmente, das pessoas.

PARABÈNS, JUCINÉIA!

Que venham muitas outras conquistas e novos desafios.

Conheça mais sobre a ACT COMUNICAÇÃO:

act_logo (1)

 

 

 

 

Rua Santa Catarina, 1627 – 16º andar
Lourdes – Belo Horizonte, MG
(31) 3031-5990 / (31) 3889-8877

act@actcomunicação.com.br

https://www.facebook.com/ACTComunicacao

https://twitter.com/actcomunicacao

https://www.linkedin.com/company/act-comunica-o

www.actcomunicação.com.br

REDUZA SEU TURNOVER

08.04.15

Turnover é o termo para definir a rotatividade de pessoal, o giro de entradas e saídas de funcionários. Essa rotatividade é onerosa e prejudicial para as empresas, pois gera um alto custo de mão-de-obra, além da perda de colaboradores qualificados e treinados. O ideal é que o turnover de uma empresa esteja em um índice apenas necessário para que haja a renovação saudável do corpo profissional.

Recentemente, foi anunciado um projeto de lei que aumentará a tributação das empresas que possuem alta rotatividade, pois o governo entende que, se os colaboradores não ficam por muito tempo na empresa, há algo de errado com o sistema de contratação ou nos sistemas de gestão da empresa. Portanto, é essencial tomar atitudes para prevenir os fatores ligados à rotatividade, para que esse índice diminua cada vez mais e a empresa possa reter seus talentos e manter a produtividade.

Classificação de gerações 

O primeiro passo é entender a diferença entre gerações, suas expectativas e comportamentos, o que pode gerar conflitos e desentendimentos no ambiente de trabalho

O espaço entre gerações costumava ser de 25 anos. Hoje, uma nova geração é classificada a cada 10 anos. Para as empresas, ter pessoas de diferentes gerações trabalhando juntas requer um esforço maior, pois cada uma tem suas características próprias, sonhos e desejos diferentes.

Conheça um pouco mais sobre cada uma:

08.04.15(1)

08.04.15(2)

Algumas dicas úteis podem ajudar a manter seus funcionários motivados e fieis à sua empresa:

  1. No momento da demissão, faça uma entrevista pessoal para saber o motivo. Evite questionários pré-elaborados e prefira sempre uma conversa franca.
  2. Contrate de forma assertiva. Conte com uma empresa especializada em seleção e recrutamento para ajudar.
  3. Certifique-se de que o salário dos setores está dentro do padrão do mercado.
  4. Ofereça benefícios e invista no treinamento de seus colaboradores.
  5. Crie metas e programas de recompensa quando elas forem atingidas.
  6. Tenha um plano de carreira claro para que seus colaboradores saibam até onde podem chegar.

A ACT possui estratégias personalizadas para treinar e coordenar equipes, treinando-as e as mantendo motivadas e produtivas.

Venha nos conhecer!

act_logo (1)

 

 

 

 

Rua Santa Catarina, 1627 – 16º andar
Lourdes – Belo Horizonte, MG
(31) 3031-5990 / (31) 3889-8877

act@actcomunicação.com.br

https://www.facebook.com/ACTComunicacao

https://twitter.com/actcomunicacao

https://www.linkedin.com/company/act-comunica-o

www.actcomunicação.com.br

TÊNIS VS FRESCOBOL: UM OLHAR SOBRE OS RELACIONAMENTOS

05.03.15

Rubem Alves, em uma de suas crônicas, diz:

“Depois de muito meditar sobre o assunto concluí que os casamentos são de dois tipos: há os casamentos do tipo tênis e há os casamentos do tipo frescobol. Os casamentos do tipo tênis são uma fonte de raiva e ressentimentos e terminam sempre mal. Os casamentos do tipo frescobol são uma fonte de alegria e têm a chance de ter vida longa”.

Não só nos casamentos, mas em qualquer relacionamento (familiar, profissional, afetivo), possuir habilidades comunicativas e saber estabelecer relações de confiança são coisas muito importantes.

Entenda um pouco mais sobre esses dois tipos de relacionamento:

1 – Relacionamento “TÊNIS”

Nas palavras do autor: O tênis é um jogo feroz. O seu objetivo é derrotar o adversário. E a sua derrota se revela no seu erro: o outro foi incapaz de devolver a bola. Joga-se tênis para fazer o outro errar. O bom jogador é aquele que tem a exata noção do ponto fraco do seu adversário, e é justamente para aí que ele vai dirigir a sua cortada – palavra muito sugestiva, que indica o seu objetivo sádico, que é o de cortar, interromper, derrotar. O prazer do tênis se encontra, portanto, justamente no momento em que o jogo não pode mais continuar porque o adversário foi colocado fora de jogo. Termina sempre com a alegria de um e a tristeza de outro.

Nesse tipo, não há cumplicidade, companheirismo ou parceria. Apenas se apontam os defeitos do outro e fica-se esperando qualquer descuido como um pretexto para uma briga ou o fim da relação.

2 – Relacionamento “FRESCOBOL”

O frescobol se parece muito com o tênis: dois jogadores, duas raquetes e uma bola. Só que, para o jogo ser bom, é preciso que nenhum dos dois perca. Se a bola veio meio torta, a gente sabe que não foi de propósito e faz o maior esforço do mundo para devolvê-la gostosa, no lugar certo, para que o outro possa pegá-la. Não existe adversário porque não há ninguém a ser derrotado. Aqui ou os dois ganham ou ninguém ganha. E ninguém fica feliz quando o outro erra – pois o que se deseja é que ninguém erre. O erro de um, no frescobol, é um acidente lamentável que não deveria ter acontecido… E o que errou pede desculpas; e o que provocou o erro se sente culpado. Mas não tem importância: começa-se de novo este delicioso jogo em que ninguém marca pontos…

Aqui existe apenas a vontade de caminhar junto, de aprender com os erros, de fazer com que cada dia seja melhor e mais produtivo, contando sempre com o auxílio do outro.

E você? Em qual desses dois tipos de relacionamento estão seus esforços dentro da sua empresa, com seus clientes, ou em sua vida pessoal, com amigos, familiares e relações afetivas?

Venha conhecer os coachings e treinamentos personalizados da ACT para desenvolver suas habilidades de comunicação interpessoal.

act_logo (1)

 

 

 

 

Rua Santa Catarina, 1627 – 16º andar
Lourdes – Belo Horizonte, MG
(31) 3031-5990 / (31) 3889-8877

act@actcomunicação.com.br

https://www.facebook.com/ACTComunicacao

https://twitter.com/actcomunicacao

https://www.linkedin.com/company/act-comunica-o

www.actcomunicação.com.br

O USO DA VOZ NO AMBIENTE DE TRABALHO

Business people talking during conference --- Image by © Igor Emmerich/Corbis

Você sabia que o tom da sua voz influencia a sua comunicação nas relações de trabalho? A comunicação no trabalho depende da troca de informações, entendimentos e negociações entre as partes e é uma das principais exigências para conquistar posições de destaque nos planos econômico, político e social.

Quem possui essa habilidade bem desenvolvida consegue transmitirconfiança e credibilidade no discurso, o que repercute diretamente para uma boa imagem profissional.

Estudos recentes comprovam que a comunicação é uma habilidade do ser humano que deve ser treinada e potencializada em termos estratégicos.

Mas como podemos treinar a comunicação?

Confira abaixo 5 dicas e estratégias essenciais para atingir a excelência da Comunicação.

1) A Voz poderosa

Você já parou para refletir o que sua voz transmite para as outras pessoas?

Diferentes tons de voz devem ser utilizados para cada situação. No ambiente familiar, sua voz provavelmente é suave e transmite atenção, carinho e zelo. No ambiente de trabalho, ela deve ser mais grave, precisa e marcada para transmitir credibilidade, persuasão, objetividade e clareza de ideias.

2) A pressa é inimiga da perfeição

Alguns estilos de locução têm como característica o uso da velocidade de fala. Mas, ao se comunicar no seu ambiente profissional, a pressa pode significar desejo de finalizar o diálogo, insegurança, pouco interesse no que diz ou, até mesmo, dúvida.

O ideal é uma velocidade média de fala, com pausas em pontos estratégicos do discurso, demonstrando firmeza e credibilidade.

3) Atenção, foco, ação

Imagine que algumas palavras devem  ser o foco de atenção do seu interlocutor, pois, caso sejam empregadas da mesma maneira ao longo de toda a frase, pode parecer justamente o oposto: que nada é relevante.

Uma das estratégias possíveis de ser treinada é o emprego de ênfase, ou seja, marcar o foco do discurso e dizê-lo de modo diferenciado (variando a velocidade, intensidade, o tom, dentre outros), dependendo do objetivo.

4) Atitude e posicionamento

O corpo também fala, e muito!

Você conhece alguém que tenha uma postura recaída, sorriso fechado, tiques, olhar sempre para baixo e fica como corpo estático? Que impressão essa pessoa transmite?

Uma boa forma de modificar sua atitude e postura comunicativa está em realizar a leitura corporal de pessoas referências em comunicação e fazer as suas anotações, sobre o que cada padrão pode significar, nos diferentes contextos. Em seguida, utilize as estratégias que melhor podem ser aplicadas à sua realidade.

5) A Neurolinguística a favor da sua comunicação

A Programação Neurolinguística (PNL) é uma ferramenta poderosa para o processo de desenvolvimento de nossas habilidades, as quais dependem da capacidade de nos comunicarmos de forma eficaz.

A prática desses conceitos permite o estabelecimento do rapport, ou sintonia com o interlocutor, para atingir o seu canal de comunicação de maneira eficaz e “veloz”.

RELAÇÃO HABILIDADE x BENEFÍCIO

O bom uso das diversas competências comunicativas vão gerar vários benefícios.

Confira:

25.02.15(1)

                         

Aproveite para conhecer nossas soluções personalizadas para quem quer aprender a utilizar a voz e a postura como uma ferramenta de marketing pessoal.

act_logo (1)

 

 

 

 

Rua Santa Catarina, 1627 – 16º andar
Lourdes – Belo Horizonte, MG
(31) 3031-5990 / (31) 3889-8877

act@actcomunicação.com.br

https://www.facebook.com/ACTComunicacao

https://twitter.com/actcomunicacao

https://www.linkedin.com/company/act-comunica-o

www.actcomunicação.com.br

O MONGE E O EXECUTIVO – UMA HISTÓRIA SOBRE A ESSÊNCIA DA LIDERANÇA

07.11.14

Quer conhecer a essência e os segredos da liderança? Apresentamos “O Monge e o Executivo – Uma História sobre a Essência da Liderança”. A narrativa se dá em torno de Leonard Hoffman, um famoso CEO de uma multinacional que resolve largar o cargo para dedicar a vida a um mosteiro beneditino. Já no primeiro capítulo, a sua identidade de monge é revelada. A partir daí, o enredo narra a história da essência da liderança e os princípios básicos dos verdadeiros líderes.

O que torna o livro ainda mais interessante é que o seu autor, John Daily, vivenciou essa história na vida real. Ele, que tinha uma carreira em franca ascensão no início dos anos 90, além de um casamento feliz e com dois filhos, se viu, anos depois, em uma situação nada agradável: uma crise toma conta de todos os setores da sua vida.

É aí que, incentivado por sua mulher, John decide fazer um retiro espiritual em um mosteiro. O mesmo mosteiro onde seu ídolo profissional havia se enclausurado após deixar a carreira de CEO. Lá ele descobre que Leonard Hoffman se tornou Simeão. Feliz coincidência, pois John tem sonhos recorrentes com esse nome.

A semana de John no mosteiro foi recheada de aprendizado sobre liderança. Aprendizado esse que todos podem obter neste livro que, desse estilo, é o mais vendido no Brasil, desde o seu lançamento em 2004.

Temos certeza de que este é um livro muito inspirador e proveitoso para você que é líder e que quer a cada dia aperfeiçoar sua atuação.

act_logo (1)

 

 

 

Rua Santa Catarina, 1627 – 16º andar
Lourdes – Belo Horizonte, MG
(31) 3031-5990 / (31) 3889-8877

act@actcomunicação.com.br
https://www.facebook.com/ACTComunicacao

https://www.linkedin.com/company/act-comunica-o
http://www.actcomunicação.com.br

Líderes multiplicadores: as pessoas rumo ao crescimento da empresa

Quem nunca teve problemas ao contar com colaboradores na empresa que não souberam executar suas funções de forma adequada para atingir aqueles resultados tão planejados?

Imagem

De acordo com a Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD) existe um crescimento anual de 15,3% nos investimentos em educação corporativa. Em uma ordem de prioridade, os cursos de liderança ocupam o primeiro lugar do ranking, com 80% da preferência.

Sem dúvidas, o desenvolvimento de líderes é um investimento vital e uma etapa importante para garantir o crescimento contínuo de uma empresa. Para isso, as organizações devem identificar, desenvolver, promover, reter e transformar seus líderes em multiplicadores, como parte de uma estratégia contínua de desenvolvimento de talentos. E o mais interessante: os resultados de produtividade, redução de turnover, padronização, motivação e aumento da lucratividade do seu negócio serão visíveis no dia a dia! Vale a pena conferir!

# Mas como transformar seus líderes em multiplicadores?

Sabemos que hoje as pessoas não se mantêm no emprego simplesmente pelo salário, mas sim, por acreditarem nos propósitos da empresa e por se sentirem valorizadas e motivadas para o trabalho. É chegado o momento de pensarmos mais estrategicamente, de que forma os seus colaboradores sejam vitrines, cartões de visita e multiplicadores da cultura do seu negócio. Vamos aproveitar para rever algumas estratégias que indicamos muito em nossas consultorias!

  • Desenvolva programas de premiação e de reconhecimento

Uma boa maneira de motivar seus colaboradores é a partir de programas de endomarketing, com base no cumprimento de metas específicas. Um bom exemplo disso é do nosso cliente, Subway, que conseguiu resultados expressivos de engajamento, a partir do Programa Cookies de Vantagem que a ACT implementou. Leia o case Subway completo.

  • Capriche em ferramentas de interação e colaboração

Outra forma de manter a cultura é investir em programas internos de colaboração, por meio da criação de conteúdos explicativos da empresa. Isso é possível a partir de Portais de Colaboração Online e/ou Intranet, em que os próprios colaboradores se tornam peças chave do seu próprio aprendizado, a partir do envolvimento em enquetes, jogos empresariais, calendário para conhecimento de tudo que acontece na empresa, participação em fóruns, testes, dentre outras diversas possibilidades de interação com tudo que acontece na organização.

  • Faça do seu líder um modelo de sucesso

E se você deseja iniciar com uma medida mais simples, com baixa geração de custos, temos algo prático para te recomendar. É essencial capacitar o seu multiplicador, para que ele aprenda e seja capaz de identificar o que motiva sua equipe de trabalho e como cada pessoa se sente valorizada na organização.

As equipes podem ser facilmente mapeadas por meio de testes padronizados que podem ser disponibilizados à empresa. A partir dos resultados destes testes, sabemos como as pessoas se sentem motivadas (se é, por exemplo, por uma promoção; pela realização profissional ou simplesmente por serem ouvidas) e o que elas realmente valorizam (família; financeiro; físico; profissional; espiritual, dentre outros). Este é o ponto chave para o sucesso das estratégias que você irá utilizar para reconhecer e motivar!

Sendo assim, os resultados dessa análise é o que muda totalmente o foco das ações internas e a forma de abordagem do seu multiplicador.

De nada adianta, por exemplo, criar um plano de carreira baseado em promoções, sendo que sua equipe não é motivada por ‘poder’, mas sim, pelo que chamamos de ‘afiliação’. Tal investimento pode ir por água abaixo e gerar insatisfação. Ou, até mesmo, você pode criar um plano de metas que gera benefícios salariais e essa pode ser uma excelente estratégia, ao ser aplicada para uma equipe comercial, que valoriza o reconhecimento financeiro. Já para outros colaboradores, com diferentes perfis, pode não surtir o mesmo efeito e gerar problemas de comunicação interna e insatisfação.

As estratégias são muitas, mas vão exigir uma análise e um plano de ação que se aplique à sua empresa! E você, o que tem feito para envolver os seus colaboradores no plano de metas e resultados que você busca? Conte para nós!

Conte com a ACT para o que for preciso neste processo. O diferencial do nosso trabalho é desenvolver multiplicadores com diferentes focos – comercial, atendimento, gestão da comunicação propriamente dita, liderança, performance comunicativa, integração, formação de instrutores internos, dentre outros. Conheça os nossos programas de consultoria para formar suas lideranças em todas essas etapas.