Como o seu Escritório de Advocacia utiliza o e-mail marketing para se relacionar com os clientes?

img-etapas-01Grande parte dos escritórios de advocacia já reconheceram os benefícios de enviar e-mail marketing periódico aos seus clientes. Encaminham newsletters, boletins jurídicos, comunicados e alertas para clientes e prospects, na intenção de mantê-los atualizados sobre as publicações da equipe e diferenciais do mercado jurídico.

Uma pesquisa realizada pelo FDJUR/GEJUR, aponta que 40% dos gestores jurídicos pesquisados avaliam e selecionam um escritório de advocacia pela sua atuação na internet e redes sociais. Esse dado nos revela como os clientes da esfera jurídica já estão buscando informações sobre o negócio, antes mesmo de fazerem um contato comercial ou manifestarem intenção de compra.

E o seu escritório, está preparado para atender esta realidade do mercado?

Preparamos cinco dicas fundamentais para que o e-mail marketing do seu escritório de advocacia atinja mais resultados. Confira!

 

1 – Linguagem simples

O e-mail marketing é uma excelente ferramenta de comunicação e relacionamento com a marca, contudo, para dar certo, os escritórios de advocacia devem ponderar no uso do famoso “juridiquês”. Uma newsletter jurídica não deve soar como uma extensão do código civil. Os textos devem ser assertivos e escritos com clareza.

Por sua vez, ter definidas suas personas e entender a linguagem do seu cliente significa adaptar sua comunicação para que ele compreenda o seu know-how, sendo um grande passo para gerar confiança no relacionamento e autoridade no assunto.

 

2 – Conteúdo

E-mail marketing de sucesso são aqueles que fornecem informações práticas que afetam a vida de seus clientes.  As pessoas não estão interessadas apenas em ler e-mails e mais e-mails sobre prêmios e serviços jurídicos. Elas desejam ler sobre questões que afetam as suas vidas, como soluções,  dicas e recomendações.

Com tanta informação disponível, os clientes estão mais sensíveis àqueles que possuem uma informação de valor para educá-los, fortalecendo a credibilidade com a empresa.

 

3 – Layout Atrativo

Cores, espaçamento, quantidade de elementos, identificação das imagens, são alguns elementos que devem ser decididos com cuidado ao fazer um e-mail marketing. A identidade visual deve estar alinhada com  todo o escritório e deve levar em conta o tempo que o cliente pode destinar para a leitura.

De acordo com a Litmus , uma empresa de tecnologia especializada em E-mail Analytics, 51,1% das pessoas que recebem uma mensagem de e-mail marketing levam em média dois segundos na leitura, antes de apagá-la, por isso é preciso ter cuidado para captar o interesse do leitor desde o primeiro instante.

 

4 – Periodicidade

Em relação à periodicidade, você precisa saber qual a sua capacidade de geração de conteúdo, bem como identificar se o usuário está disposto a abrir o seu e-mail constantemente.

Por se tratar de um assunto bastante segmentado, é aconselhável enviar as mensagens com certo espaço de tempo entre elas, para não correr o risco de encher a caixa de mensagens do destinatário e, assim, aborrecê-lo.

Ao mesmo tempo, para reforçar sua marca e ser lembrado como referência, os prazos da newsletter devem ser levados a sério. Assim como o meio jurídico possui extrema atenção com as datas dos tribunais, bem como com os prazos de arquivamento, a mesma atenção deve ser dada à periodicidade e ao planejamento das postagens. Se for algo de valor para o cliente, com certeza este irá esperar no dia certo para receber o seu comunicado! Portanto, faz-se imprescindível criar uma cultura de relacionamento.

Pega muito mal fazer uma super lista de e-mails, fazer um primeiro disparo e não dar continuidade na estratégia. Que, por sua vez, merecia ser uma sexta dica (mas deixaremos o gostinho, como pauta para um próximo post, vale a pena!). Não compre listas de e-mails! Recebemos inúmeros contatos em nosso site solicitando este tipo de serviço e não fazemos, por uma simples constatação: listas frias não funcionam. Por isso, crie o hábito de sair de um evento e alimentar sua lista periodicamente. Em breve, terá muito mais contatos qualificados do que imagina!

 

5 – Formato de disparo

Contar com plataformas e inteligência de marketing pode otimizar e muito a sua estratégia. Com elas você consegue organizar seu mailing em listas segmentadas, além de obter mensuração objetiva de resultados de cada disparo, que informará, dentre outros: o número de e-mails entregues; qual a taxa de abertura; cliques; assuntos que demonstraram maior interesse; quantas vezes cada usuário entrou, dentre outras variáveis relevantes, que te direcionam em toda estratégia de continuidade.

Podemos mencionar inúmeras plataformas, como Mail Chimp (que para até 2.000 usuários o disparo é gratuito) e o que temos verdadeira paixão, que utilizamos muito em nossos projetos, quando o objetivo é ter uma forma de mensuração mais complexa, a partir de um processo integrado de marketing e geração de automação de marketing na jornada do cliente: o RD Station. Entretanto, tecnologia, por si só, sem uma equipe estratégica na implementação de todos os itens acima relatados como aliados, promove resultados limitados.

 

6 – Mensurar é Caminhar na Direção certa

Esta é a dica que não pode faltar. O seu escritório investe tempo e orçamento para criar um e-mail marketing com um layout, conteúdo, linguagem,  padrão  e planejamento desejados. Ou simplesmente contratam uma ferramenta de disparo que, por si só, não funciona?

Você já parou para analisar qual o efeito surtido? O seu público alvo está demonstrando interesse na leitura e realizando consultas ao escritório para esclarecer suas questões jurídicas?

O melhor do Marketing de Conteúdo na internet é justamente permitir a compreensão de quantas pessoas estão lendo ou deletando o seu e-mail, quais conteúdos foram mais lidos, quem acessou o seu e-mail com maior frequência, por quais canais elas estão sendo direcionadas ao e-mail marketing (site, campanhas digitais, redes sociais), variáveis de análise essenciais para a construção de uma boa estratégia de relacionamento.

Enfim, o e-mail marketing é uma estratégia que deve ser cuidadosamente criada e mensurada para obter retorno no investimento. Se você acredita que precisa de uma ajuda especializada, a ACT pode lhe auxiliar com uma solução customizada e dirigida ao marketing digital de escritórios de advocacia.

Entre em contato conosco e conheça mais do nosso trabalho.

Leia também: Como encantar clientes com um bom atendimento em escritórios de advocacia

                           Mídias Sociais para Escritórios de Advocacia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s